201802.14
0

A MVA, sociedade angolana criada em parceria com a MC&A, acaba de integrar a rede internacional de escritórios de advocacia Cathay Associates, como representante do mercado angolano nesta associação com sede na China, especialmente vocacionada para a assessoria jurídica de operações internacionais realizadas por investidores deste país.

Vítor Marques da Cruz, sócio fundador da MC&A, marca, assim, presença no evento anual da Cathay Associates, o Cathay Global Partners Meting, que decorre nos dias 9 e 10 de Fevereiro em Viena de Áustria, “num encontro internacional de networking empresarial exclusivo, que contará com representantes de mais de 20 países”, segundo o comunicado da sociedade.

“Esta ligação à Cathay Associates traduz-se num passo estratégico para a MVA e para a MC&A pela importância que a China tem, uma vez que representa o maior investidor estrangeiro em África“, refere Vítor Marques da Cruz. Sobre o evento em particular, o advogado espera “alargar a rede de contactos com parceiros de outros escritórios de advogados que estejam presentes na China, que por sua vez nos abram portas a colaborações conjuntas com os seus clientes que estejam interessados em desenvolver os seus investimentos em África”.

A rede global de serviços jurídicos Cathay Associates está presente em mais de 50 países distribuídos pelos cinco continentes, e contando com mais de 500 funcionários em todo o mundo. Esta rede internacional teve origem numa parceria celebrada, em 2015, entre a Cathay Associates Kejie, uma das principais firmas de advocacia chinesas, e dois parceiros europeus, em Setembro de 2015.


Advogar, 14-02-2018

Descarregar artigo em formato PDF